terça-feira, 15 de março de 2011

PARQUE BOTÂNICO DO ESTADO DO CEARÁ







Simbolizando o verde
Um dos principais símbolos da preservação ambiental no Estado, o Parque Botânico do Ceará no município de Caucaia é referência até internacional, já que compõe a rede internacional de parques botânicos. Criado pelo decreto nº 24.216, de 9 de setembro de 1997, e inaugurado em 5 de junho de 1998, o local serve, desde então, de habitat para diversas espécies nativas da flora e da fauna do Nordeste. A unidade conta, ainda, com orquidário, meliponário, horto de plantas medicinais, trilhas e um lago artificial com dois quiosques à sua margem, local considerado bastante propício para piqueniques aos finais de semana.

Quase ao acaso
O que hoje é destaque em termos de preservação ambiental surgiu, porém, quase ao acaso, graças à perseverança do próprio Renato Aragão. Ele conta que, passando várias vezes com destino às praias do litoral de Caucaia, sempre se mostrou curioso em relação ao terreno que margeava a estrada. “Havia uma grande área cercada e com a vegetação bem protegida.” Certa ocasião, resolveu parar e viu que tinha um soldado da Marinha vigiando o local.
Ele soube, então, que o terreno era da corporação militar e se destinava à implantação de uma estação de rastreamento de navios. “Fui até a capitania dos portos e me informaram que a área não seria mais utilizada, porque, com o surgimento do GPS (Sistema de Posicionamento Global, utilizado para determinação da posição na superfície da Terra ou em órbita), tornava-se sem sentido a estação.” O espírito de ambientalista o fez descobrir que o terreno tinha sido doado à Marinha pelo governador do Estado, César Cals Neto. Na época, Renato fazia parte da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).
Convidado para elaborar as diretrizes da Política Florestal do Estado, conseguiu colocar na Lei 12.488, de 1995, em seu artigo 48, a revogação da doação, e assim fez retornar para o Estado o terreno.

O PARQUE
  • INFRA-ESTRUTURAA sede tem 300m2 de área construída, contando com um auditório para 70 pessoas, salão para exposição, recepção, cantina e banheiros.
  • ORQUIDÁRIOUm dos ambientes mais visitados, funciona desde 1999. No local, é possível acompanhar o desenvolvimento das orquídeas, com a floração, principalmente, da cattleya labiata, entre outras espécies raras. 
  • DESSALINIZADOREquipamento utilizado para tirar o sal da água, possibilitando o desenvolvimento do orquidário, viveiro de mudas e horto de plantas medicinais do Parque Botânico.
  • HORTO DE PLANTAS  MEDICINAISCom mais de 30 espécies, todas identificadas por placas, o local também é um dos mais visitados do Parque, oferecendo ao visitante a oportunidade conhecer de perto as plantas medicinais típicas do Ceará.
  • ESPELHO D’ÁGUALago artificial com dois quiosques à sua margem, de grande importância para a fauna local. Área propícia para piqueniques. 
  • TRILHASO local dispõe de 3.600 metros de trilhas sinalizadas, que levam o visitante ao viveiro de mudas, ao horto de plantas medicinais e ao espelho d’água. 
  • MELIPONÁRIOCriatório de abelhas indígenas sem ferrão. Concebido por técnicos da área de Zootecnia e Biologia da UFC, é constituído de 68 colméias de abelhas nativas, incluindo as espécies jandaíra, uruçu e canudo, entre outras da região Nordeste. As abelhas estão instaladas em colméias artificiais feitas de madeira, numa área de 500 metros quadrados, em meio à vegetação do Parque.
  • COMO TER ACESSOO Parque está localizado na  CE-090 – quilômetro 3 da estrada Iparana-Caucaia e funciona de terça a domingo, das 8h às 17h. Grupos formados por alunos de escolas públicas, idosos, deficientes físicos, crianças com menos de sete anos, professores convidados e parceiros da Sociedade Amigos do Parque não pagam. Para as demais pessoas, a taxa é de R$ 2,00. A renda é revertida para a manutenção do local. O telefone para agendamento de visitas é (85) 3342.3060.

Nenhum comentário:

Postar um comentário